8ª FLAPOA apresenta: Biblioteca Terra Livre

Em 2004, alguns militantes anarquistas envolvidos nas lutas anticapitalistas em São Paulo, fundaram o Coletivo Anarquista Terra Livre. O projeto inicial consistia em divulgar o anarquismo por meio de atividades como o Colóquio Internacional História do Movimento Operário Revolucionário (2004) e a I Feira Anarquista de São Paulo (2006). O grupo publicou a revista Protesta! que realizava análises de conjuntura numa perspectiva radical e propunha novas reflexões práticas e teóricas no campo libertário. Após a publicação de 5 edições o Coletivo se restruturou e, em 2009, em conjunto com outros grupos autônomos, fundou o Espaço Ay Carmela!, centro político-cultural autônomo no centro da cidade. O projeto do Terra Livre passou a ser a constituição de um Centro de Documentação Anarquista. Com o objetivo de preservar e difundir a memória do anarquismo no Brasil e no mundo e incentivar as lutas do presente, surgiu a Biblioteca Terra Livre! Em Outubro de 2010, a Biblioteca mudou sua sede para um espaço independente a fim de viabilizar seus projetos. A partir daí, iniciou-se, de maneira regular, grupos de estudos, atividades públicas de difusão do anarquismo, catalogação dos materiais (livros, revistas, jornais, videos, etc.) e mostras de filmes.

 

No ano de 2011 a Biblioteca Terra Livre iniciou seus trabalhos editoriais. Os dois primeiros títulos (Escritos sobre Educação e Geografia / Élisée Reclus: Retratos de um anarquista) foram publicados ao longo do Colóquio Internacional Élisée Reclus e a Geografia do Novo Mundo realizado no mês de dezembro. Para o ano de 2012, centenário de fundação da Escola Moderna n°1 de São Paulo, a editora está preparando dois títulos sobre pedagogia.

Os títulos estão disponíveis para a venda e podem ser encomendados através do email: bibliotecaterralivre[a]gmail.com

 

https://bibliotecaterralivre.noblogs.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado