8ª FLAPOA apresenta: Monstro dos Mares

“A Editora Artesanal Monstro dos Mares emergiu do mar profundo após uma série de práticas em busca de transformações sociais intensas, inicialmente por meio de tecnologias que nos conduziram para o caminho da horizontalidade, autogestão, apropriação e empoderamento social para as pessoas, grupos, coletivos, redes e comunidades, que atuam na promoção da autonomia, liberdade, bem comum e direitos universais.

“Decidimos fazer livros artesanais, pelo tesão de tê-los nas mãos, aprender, desenvolver e replicar os processos que foram chegando até nós é que hoje atuamos como uma editora de pequenas tiragens, um coletivo publicador. Um grupo de apaixonados por livros e pelo rolê.

“Entendemos nosso lance como uma forma de integrar as pessoas e coletivos na publicação de livros. Sejam autores, cooperativas de produtores, grupos de estudos, ativistas de mídia independente, editoras libertárias, leitorxs apaixonadxs, ilustradorxs casqueiras, artesãos, movimentos sociais e qualquer pessoa interessada em tocar esse barco. Queremos publicar livros e zines encadernados artesanalmente (na medida do possível), com capas de papel, papelão e tecido, em exemplares numerados manualmente (além de versões digitais e e-books), tudo bem livre e autogestionado. Um Tsunami de escritas em favor das lutas dos povos em movimento.

“A produção se dá ao realizar o intercâmbio de conteúdos com essas pessoas, para compartilhar atividades de impressão, editoração manual/eletrônica, costura, dobra, seleção dos títulos, revisão, tradução e outras tantas coisas que se tem para fazer. Desde sujar-se de tinta até montar a barraquinha, sem esquecer de remar muito pelo caminho.

“Um processo aberto, onde qualquer pessoa com disposição para participar das atividades é super bem-vinda. Onde a distribuição funciona na forma de compartilhamento das publicações, recebendo materiais de outras editoras para atuar como distribuidora e banquinha, bem como as demais editoras e distros recebem nossos materiais para dar e vender, promovendo um oceano de ideias turbulentas!”

Para conhecer melhor a Monstro dos Mares, visite o seu site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado