admin

Popular

Programação

Sexta (5 de novembro) Abertura da Feira do Livro Anarquista A partir das 19:00 Espetáculo  “O Homem Banda”, com Mauro Bruzza, da Cia. UmPédeDois Lançamento dos livros Dias de Guerra, Noites de Amor – Crimethinc e Zonas Autônomas – (vol. 2) – Hakim Bey, pela Editora Deriva Show da banda Boraimbolá Sábado (6 de novembro) […]

Fotos da 2º Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre

Se tu participou de uma das edições da Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre e tirou fotografias, mande-as para nós por e-mail! 2flapoa@libertar.se Depoimentos também são bem vindos! Nos ajude a construir um banco de fotos e memória da Feira!

Tópicos recentes

[NOTA] Nota sobre o cancelamento da 8ª Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre

Na manhã de ontem (25/10) a Polícia Civil Gaúcha cumpriu em Porto Alegre e na região metropolitana uma dezena de mandados de busca e apreensão em espaços libertários e casas de indivíduos que identificaram como anarquistas. Os mandados são parte de uma investigação que está acontecendo há mais de um ano. Entendemos que não é […]

Cancelada 8ª Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre

A 8ª Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre foi cancelada. Em breve mais informações.

8ª FLAPOA apresenta: Biblioteca Terra Livre

Em 2004, alguns militantes anarquistas envolvidos nas lutas anticapitalistas em São Paulo, fundaram o Coletivo Anarquista Terra Livre. O projeto inicial consistia em divulgar o anarquismo por meio de atividades como o Colóquio Internacional História do Movimento Operário Revolucionário (2004) e a I Feira Anarquista de São Paulo (2006). O grupo publicou a revista Protesta! […]

8ª FLAPOA apresenta: Okupa Figueira

As raízes que quebram o concreto de um bairro no meio de uma civilização. Resistente, sensível. Uma árvore que vive há 150 anos observando os cursos de vidas que passaram por ela, cada mudança da sociedade em que vive. A figueira agora, habita um espaço que, sem pedir alguma autorização, abre caminhos para o surgimento […]

8ª FLAPOA apresenta: Biblioteca Kaos

A Biblioteca Kaos surgiu em Porto Alegre em uma casa ocupada no bairro Cidade Baixa. Espaço anti-autoritário, buscava a criação de encontros e uma convivência pela autonomia, mas que foi desalojada pela polícia em meados deste ano. No momento o coletivo da Biblioteca Kaos permanece ativo organizando atividades em outros espaços libertários da cidade. Com […]

8ª FLAPOA apresenta: Coletivo Coisa Preta

Coisa Preta surgiu da ânsia de se organizar para agir. De ter um espaço permanente de construção da liberdade, da anarquia, onde possamos unir forças para alcançar nossos objetivos comuns. É um coletivo de afinidades mas também é um grupo aberto que tem a intenção de acolher aquelas pessoas que querem se aproximar do anarquismo […]

8ª FLAPOA apresenta: Bonobo

O Bonobo é um coletivo e espaço e restaurante cooperativo, antiespecista e libertário. É um esforço coletivo para difundir os ideais de libertação animal e humana, enquanto busca oferecer meios de sobrevivência para todas as pessoas que ali trabalham. São cerca de 10 pessoas que, juntas, dividem todas as tarefas necessárias para manter o espaço […]

8ª FLAPOA apresenta: Internacional Negra Ediciones

A Internacional Negra Ediciones, surgiu como uma proposta editorial no final de 2012, como uma iniciativa para disseminar o pensamento e a prática anárquica contemporâneoa. O convite germinou através das grades. Xs companheirxs da Conspiração das Células de Fogo (CCF), presos na Grécia, lançaram o chamado das masmorras. O projeto foi rapidamente recebido em diferentes […]

8ª FLAPOA apresenta: Coletivo Lápices

Coletivo criado por Alexandre Pandolfo, Camila Alexandrini e Tiago Martins de Morais. Surge a partir da performance “Lápices”, apresentada no Sarau Constelações (Signus Pub, dez/2016) e no evento 500 anos de Utopia (Ocupação Psicologia UFRGS, dez/2016). O nome refere-se à “Noche de Los Lápices”, ocorrida durante a Ditadura Militar Argentina. Por que surgirmos? Para cavar […]

8ª FLAPOA apresenta: Contraciv

Contraciv é uma iniciativa anarquista independente e anônima com o objetivo de levantar o debate sobre crítica à civilização no meio anarquista. Trata-se de uma perspectiva eco-anarquista (não exatamente anarco-primitivista, embora haja similaridades), anti-capitalista, anti-fascista, anti-colonialista, anti-totalitarista e anti-especista. Nós começamos em 2008 quando o filósofo anticivilização John Zerzan esteve no Carnaval Revolução. Fazemos traduções, […]